Na próxima terça-feira (14), será realizado o primeiro Seminário Filig de Leituras deste ano, no Sesc, com participação da pesquisadora Sueli Cagneti, de Santa Catarina. A entrada é gratuita.

Com o tema “A cultura e a literatura indígenas à luz do pensamento contemporâneo”, o Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns promove na terça, dia 14 de agosto, o seu primeiro Seminário Filig de Leituras deste ano. Serão disponibilizados, gratuitamente, 150 ingressos, que poderão ser retirados até o dia do evento. As inscrições podem ser realizadas pelo site da Sympla (https://bit.ly/2ve3BAX).

Entendemos que nosso papel vai além da criação de uma agenda literária. Nós
buscamos é a formação continuada de público e, para isso, passamos pelas
capacitações dos agentes que atuam nesse campo.”

John AlencarGerente geral da Ferreira Costa

O tema do Seminário acompanha o escolhido para o trabalho desta edição do Festival, a cultura indígena em toda a sua diversidade de práticas e crenças, respeito à natureza, rituais religiosos e sua importância cultural, social e histórica. “Mais que falar sobre esse povo, vamos trazer integrantes de tribos para fazerem parte”, defende.

A partir das 8h, o encontro vai reunir, no Salão Jaime Pincho, no Sesc da cidade, professores, mediadores de leitura e mestres da comunidade indígena para uma roda de conversa com a participação da escritora e pesquisadora catarinense Sueli Cagneti. Com um trabalho voltado para os estudos sobre a literatura infanto-juvenil, a professora e pesquisadora catarinense fez doutorado na Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutorado na Itália. Tem, ao todo, sete livros publicados, entre eles “Trilhas literárias indígenas”.

O seminário será realizado em dois turnos: das 8h às 12h e das 14h às 16h. De
manhã, haverá a palestra da escritora convidada, Sueli Cagneti, que vai discutir o tema do encontro, com mediação da professora Silvania Nubia Chagas. À tarde, será realizada a mesa “Cultura indígena – Um povo em forma de história na escola e na literatura”, com os professores Elisa Pankararu, da cidade de Tacaratu, no Sertão, e Expedito Fulni-ô, de Águas Belas, no Agreste, e mediação de Sueli.

“Nas edições anteriores, conseguimos formar uma rede ampla de diálogo e formação, que envolvia profissionais de escolas municipais e doação de acervos para ampliar o acesso à leitura. Vamos dar sequência neste ano”, avalia a produtora executiva da Proa Cultural, Maria Chaves. O segundo Seminário Filig de Leituras está previsto para setembro, também no Sesc.

Serviço:
Seminário Filig de Leituras

Local: Salão Jaime Pincho, Sesc Garanhuns, Rua Manoel Clemente, 136, Centro
Data: 14 de julho
Horário: das 8h às 16h
Inscrição gratuita e online: https://bit.ly/2ve3BAX.